segunda-feira, 23 de abril de 2012

esquema de ligação de motores


Motores Elétricos Trifásicos

Esses motores são alimentados por redes trifásicas, daí seu nome, tendo vários tipos e formas de ligações. Os motores elétricos trifásicos são os mais utilizados na indústria, por terem o melhor custo benefício na comparação com os demais (evidentemente que nas aplicações compatíveis).

                                                            Motores elétricos trifásicos

Os motores trifásicos possuem características específicas dependendo do tipo, da velocidade, tensões de acionamento, corrente nominal, entre outras.

Tensão de Funcionamento

A grande maioria dos motores elétricos são fornecidos com os terminais religáveis de modo que possam funcionar ao menos em dois tipos de tensões.

Ligação estrela-triângulo

Este tipo de ligação exige seis terminais do motor e serve para quaisquer tensões nominais duplas, desde que a segunda seja igual à primeira multiplicada por √3. Exemplos: 220/380 V - 380/660 V - 440/760 V

Nota: Uma tensão acima de 600 V não é considerada baixa tensão; está na faixa de alta tensão, onde as normas são outras. Nos exemplos 380/660 V e 440/760 V, a tensão maior declarada serve somente para indicar que o motor pode ser ligado em estrela-triângulo, pois não existem linhas nesses valores.
                                                    Esquema de Ligação Motor 6 terminais

Ligação série-paralelo

Este tipo de ligação exige nove terminais no motor e é usado com tensões nominais duplas, sendo a segunda o dobro da primeira. Existem basicamente dois tipos de religações para estes motores: estrela/duplo-estrela e triângulo/duplo-triângulo.
                                                Esquema de Ligação Motor 12 terminais

Os motores de doze terminais não possuem ligações internas entre bobinas, o que possibilita os quatro tipos de religação externamente no motor. As possíveis são 220, 380, 440 e 760V, sendo que esta última somente na partida.
                                                 Esquema de Ligação Motor 12 terminais


Correntes no Motor Trifásico

O motor trifásico é um consumidor de carga elétrica equilibrada. Isto significa que todas as suas bobinas são iguais, ou seja, tem a mesma potência, são pra mesma tensão e, consequentemente, consomem a mesma corrente. Logo, as correntes medidas nas três fases sempre terão o mesmo valor.

Internamente as correntes nas bobinas de um mesmo motor sempre serão iguais, independentemente para qual tensão este for conectado. Já na rede (externamente nos terminais de alimentação) os valores serão diferentes para cada tensão.
Correntes no Motor Trifásico 6 terminais

Corrente Nominal (In): A corrente nominal é lida na placa de identificação do motor, ou seja, aquela que o motor absorve da rede quando funcionando à potência nominal, sob tensão e freqüência nominais. Quando houver mais de um valor na placa de identificação, cada um refere-se a tensão ou a velocidade diferente.

Corrente de partida (Ip/In): Os motores elétricos solicitam da rede de alimentação, durante a partida, uma corrente de valor elevado, da ordem de 6 a 10 vezes a corrente nominal. Este valor depende das características construtivas do motor e não da carga acionada. A carga influencia apenas no tempo durante o qual a corrente de acionamento circula no motor e na rede de alimentação (tempo de aceleração do motor).

A corrente é representada na placa de identificação pela sigla Ip/In (corrente de partida/corrente nominal). Não se deve confundir com a sigla IP-Grau de Proteção.

                                        Esquemas de Ligação de Motores Elétricos Trifásicos

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postar um comentário